sábado, 22 de março de 2014

Quem se defende (#poema de Brecht)


Quem se defende porque
lhe tiram o ar ao lhe apertar a garganta,
para este há um parágrafo que diz:
ele agiu em legítima defesa.

Mas o mesmo parágrafo silencia
quando vocês se defendem porque lhes tiram o pão.

No entanto morre quem não come,
e quem não come o suficiente
morre lentamente.

Durante os anos todos em que morre
Não lhe é permitido
se defender.