terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Devassa: A cerveja que não respeita ninguém


Se existe um produto que não respeita mulher no Brasil esse produto é a cerveja. É bem verdade que não é só ela que faz isso, mas de uma forma geral a cerveja é a campeã na prática de apresentar a mulher como mera mercadoria. E ao que tudo indica as cervejarias competem entre si para ganhar o posto de campeã das campeãs no marketing machista. Deve haver algum prêmio não divulgado pela imprensa que estimula essa concorrência, tipo "a empresa canalha do ano" ou coisa parecida, onde desrespeito à mulher é um dos itens que mais deve valer pontos na premiação.

Mas o páreo duro na concorrência é definitivamente coisa do passado. Existe uma entre todas as outras que consegue levar o desrespeito a um nível tão extremo que vende explicitamente a si própria como quem vende mulheres a ser consumidas. E faz isso a partir do próprio nome: Devassa. Com peças publicitárias dignas de um cafetão ("em vez de pegar trânsito, pegue umas devassas no meio do caminho" e "só porque é devassa você acha que só trabalha à noite"), a marca de cerveja que é do grupo Schincariol, reforça a idéia de que mulher boa é mulher objeto que não só deve como quer ser consumida.  Isso em um país com índice de violência sexual tão aviltante que estupra meninas doze anos dentro de ônibus, estupra mulheres em vagões de metrô e ainda promove festinhas de aniversário para praticar estupro coletivo.

E a Devassa com sua missão de promover "o lado devasso" de seus consumidores não só desrespeita mulheres como não respeita ninguém. Se estimular o consumo de loiras e ruivas já é abominável, o que dizer de promover o consumo de negras e índias em um país tão marcado pela exploração, massacre e violência contra o povo negro e indígena? Pois a Devassa vai lá. Ela toca a fundo as feridas e no intuito de divulgar sua cerveja preta espalha para os quatro cantos "que é pelo corpo que se reconhece a verdadeira negra". Que campanha hein? Pelo jeito os senhores de escravo estão de volta e a Devassa tem a cerveja certa pra eles. E viva o desrespeito a toda a história do povo brasileiro.

Parabéns Devassa. Você é a grande campeã e se depender de mim é merecedora do maior dos boicotes.