sábado, 21 de janeiro de 2012

"A resposta está soprada no vento" (Bob Dylan)


"Blowing in the wind" é uma canção de 1962. Foi escrita por Bob Dylan e cantada por muitas vozes diferentes deste então. Ganhou notoriedade com Peter, Paul e Marie para em seguida ser cantada por tantos outros como Joan Baez, Bruce Springsteen, Steve Wonder, Alanis Morissette e até mesmo Eduardo Suplicy (o senador do PT) e o filho do Fábio Junior (e por incrível que possa parecer até que ficou bom).

No começo dos anos 60 o mundo vivia o auge da guerra fria. Cuba já havia sido tomada das mãos do ditador Fulgêncio Batista e a invasão da Baía dos Porcos viveria seu fracasso em 1961. O apartheid vigorava na África do Sul, massacrando o povo negro como em Sharpeville e criando mártires como fez com a prisão de  Mandela iniciada em 1962. Nos guetos negros dos Estados Unidos se expandia o movimento de resistência que viria a fundar o Partido dos Panteras Negras em 1966. No seio da juventude européia crescia a indignação que marcaria o mundo com a Primavera de Praga e o maio Francês de 1968. Foi nesse ambiente turbulento e espetacular que a canção de Dylan ganhou força e se tornou um verdadeiro hino em defesa dos direitos-humanos.

A letra belíssima chama a reflexão questionando quanto é preciso para que homens possam simplesmente ser chamados de homens, balas de canhão possam ser banidas e as pessoas possam ser livres. "Blowing in the wind" completa 50 anos em 2012 e infelizmente suas respostas continuam sopradas ao vento, podendo muito bem seguir servindo de trilha musical seja para a luta do povo palestino seja para a resistência popular dos moradores do Pinheirinho.

No video, Joan Baez e Bob Dylan cantam "Blowing in the wind".



Quantas estradas precisará um homem andar
Antes que possam chamá-lo de homem?
Quantos mares precisará uma pomba branca sobrevoar
Antes que ela possa dormir na areia?
Sim e quantas vezes precisará balas de canhão voar
Até serem para sempre banidas?

A resposta, meu amigo, está soprada no vento
A resposta está soprada no vento

Sim e quantos anos pode existir uma montanha
Antes que ela seja dissolvida pelo mar?
Sim e quantos anos podem algumas pessoas existir
Até que sejam permitidas a serem livres?
Sim e quantas vezes pode um homem virar sua cabeça
E fingir que ele simplesmente não vê?

A resposta, meu amigo, está soprada no vento
A resposta está soprada no vento

Sim e quantas vezes precisará um homem olhar para cima
Antes que ele possa ver o céu?
Sim e quantas orelhas precisará ter um homem
Antes que ele possa ouvir as pessoas chorar?
Sim e quantas mortes ele causará até ele saber
Que muitas pessoas morreram?

A resposta, meu amigo, está soprada no vento
A resposta está soprada no vento