terça-feira, 22 de maio de 2012

Vem aí o primeiro casamento gay nas histórias em quadrinho #homofobianão


Pra falar a verdade não é bem o primeiro casamento gay dos quadrinhos. Já em 2002 Apollo e Midnighter casaram-se na revista The Authority da DC Comics com direito inclusive a um super-beijaço. Ainda assim podemos dizer que é o primeiro casamento homossexual com grande destaque já que será de um dos integrantes de uma das equipes de superseres mais populares do mundo dos quadrinhos: os X-men. O noivo famoso é o canadense Jean-Paul Baubier, o Estrela Polar, que pedirá a mão de seu antigo parceiro em casamento na edição 50 da revista "Os surpreendentes X-men" e já marcará o casório para a edição 51 da revista, prevista para ser lançada em 20 de junho deste ano.

Esse é um passo importantíssimo no mundo dos quadrinhos e a Marvel merece aplausos pela ousadia. É claro que não faltarão "defensores da moralidade e dos bons costumes" temerosos com o papel "nefasto e devastador" dessa HQ sobre a formação do caráter e da personalidade de crianças e adolescentes. Vale registrar que via de regra as primeiras histórias de heróis apresentavam mulheres como vítimas ou coadjuvantes e negros muitas vezes nem sequer como isso. Felizmente o mundo dá voltas e já é possível encontrar vários títulos tendo mulheres e negros à frente. Já a questão da homossexualidade, apesar de um outro personagem que tenha assumido sua orientação, segue sendo tratada como um verdadeiro tabu. E é exatamente por isso que é preciso divulgar e prestigiar a iniciativa da editora estadunidense.

Quanto aos cavaleiros da moralidade assustados com a novidade é bom dizer que não será uma HQ que tornará quem quer que seja gay, mas com certeza ela poderá ajudar a ensinar um pouco mais de tolerância entre seus leitores.