terça-feira, 20 de agosto de 2013

O que é o proletariado e a classe trabalhadora hoje? Ricardo Antunes explica.


Um dos temas que ganhou grande importância desde a queda do muro de Berlim até a nova definição de classe média dos governos petistas é a definição do que é a classe trabalhadora e o que é o proletariado hoje. O professor e sociólogo Ricardo Antunes que tem colocado sua produção teórica a serviço de entender o mundo do trabalho nos ajudar a colocar alguns pingos nos "i's" sobre o assunto com um texto de 2001 escrito para a revista Debate Sindical: O proletariado e a classe trabalhadora hoje.

Apoiado na obra de Karl Marx e Friederich Engels, Ricardo Antunes trata logo de colocar um sinal de igual entre proletariado e classe trabalhadora, esclarecendo que "como Marx e Engels entendemos inicialmente classe trabalhadora e proletariado (em sentido amplo) como sinônimos. Por diversas vezes, eles nos afirmaram que a classe trabalhadora (ou o proletariado) incorpora a totalidade dos assalariados (homens e mulheres), que vive da venda da sua força de trabalho e que é completamente despossuída dos meios de produção".

Mas o professor não para por aí, vai além e provoca: "é possível detectar maior potencialidade mesmo centralidade nos seus segmentos mais qualificados, naqueles que vivenciam uma situação mais "estável" e que têm, conseqüentemente, maior participação no processo de criação de valor? Ou, pelo contrário, o polo mais fértil da ação encontraria maior impulsão nos segmentos assalariados mais precarizados, nos estratos mais subproletarizados ou mesmo nos desempregados?"

Vale a leitura. Clique aqui e bom proveito.